Hoje em dia basta andarmos por aí, principalmente nos grandes centros, para vermos diversas lojas que vendem Roupas Plus Size. Mas nem sempre foi assim. Você sabe como surgiu essa moda no Brasil?
Como surgiu a moda Plus Size Brasil?
As lojas brasileiras começaram a investir no segmento quando perceberam a carência dos mais gordinhos para achar roupas que lhes servissem e caíssem bem. Segundo o Ministério da Saúde, mais da metade da população do país está acima do peso. Isso tem aquecido o mercado de Moda Plus Size e tem feito com que grandes lojas de departamento, como a Renner e a C&A, apostem em manequins acima de 44.
O número de lojas que vendem roupas exclusivamente para este público também aumentou, e as que já eram especializadas passaram a ter mais lucros, como é o caso da Melinde Brasil, que desde 2009 tem tido um aumento no seu faturamento de 30% ao ano.
Apesar de só ter se popularizado de uns anos pra cá, o termo Plus Size  foi criado na década de 70, nos Estados Unidos, dentro das próprias indústrias de moda, para designar os manequins acima de 44 (Plus= mais; Size= tamanho). No entanto, foi só na década de 90, com o seu uso em revistas nacionais e internacionais, que ele começou a ganhar mais peso.
Um mercado que vale a pena ter investimentos
A ideia da Moda Plus Size, ao contrário do que muitos pensam, não é cultuar a obesidade e incentivar o excesso de peso, mas, sim, valorizar a diversidade dos corpos femininos e suas curvas, indo na contramão da ditadura da magreza. Não é só porque a mulher está fora dos padrões que ela não tem o direito de se sentir bonita, elegante e vestir-se bem.
O aumento de investimentos no setor já teve resultados consideráveis. Dados da Associação Brasileiro do Vestuário de 2012 (Abravest) mostraram que o segmento de Moda Plus Size movimenta atualmente 5% do faturamento total do setor de vestuário e que a expectativa é que cresça 10% ao ano.
Já foi-se o tempo onde os gordinhos só utilizavam roupas para “esconder”. Eles não querem apenas roupas largas, pretas, calça legging e vestidos longos; eles querem estar na moda e ter tantas opções de looks como uma pessoa que não seja Plus Size.
É importante ressaltar que os mais gordinhos ganharam espaço não só nas vitrines, mas nas passarelas também. As portas do mundo da moda estão se abrindo cada vez mais para o público Plus Size; eles levantaram a bandeira na luta pela diversidade, buscando sua representação em todos os espaços. E podem apostar, eles estão conseguindo; com toda essa determinação e abertura do mercado, eles não vão parar por aí.

WeCreativez WhatsApp Support
Estou aqui para tirar todas as suas dúvidas sobre seu Ensaio e sobre meu trabalho ...
👋 Como posso te ajudar?