Jamila Maynara – Ensaio Fotográfico Plus Size

“Sou gorda e sou linda, como todas as outras. Não podemos diminuir a beleza de uma mulher apenas pelo fato dela não se encaixar num padrão…”

Nossa diva empoderada Jamila Maynara trouxe beleza e serenidade para um ensaio lindo, realizado no Beco do Batman, na região da Vila Madalena, em São Paulo. Com um sorriso de tirar o fôlego, Jamila chegou literalmente “chegando”.
Estudante, aos 25 anos, Jamila nos contou que estava fazendo o ensaio também por uma questão de autoestima. E assim que as fotos chegaram, ela garantiu: “Nunca tinha sido clicada, foi uma experiência nova, mas quero repetir milhões de vezes, me senti super a vontade, e confiante. A autoestima aumentou muuuuito, e o amor-próprio mais ainda”. E sobre fotografar com Adriana Líbini, Jamila explica: “Foi lindo, foi encantador. Ficou tudo lindo e aguardo ansiosa pelos próximos ensaios”.
Em um mundo em que pensar no outro, está em falta, Jamila lembrou mais um problema a ser combatido: os padrões preestabelecidos, que impõem que o belo é magro, tem cabelos lisos e loiros. Tudo é belo, todos são belos!
“Tudo gira em torno de um padrão definido pela sociedade, uma construção social, e, quando você não se encaixa dentro de tudo isso, você se torna invisível, uma minoria”, relatou nossa modelo. “Ser uma mulher, preta e gorda é difícil, muito difícil, uma vez que existem vários estereótipos definidos, que nos tornam uma pessoa indesejável, às vezes dispensável”, frisou.
[tg_thumb_gallery gallery_id=”16812″ width=”210″ height=”210″]
Jamila conta que sempre gostou de moda, mas nunca encontrou um universo em que conseguisse se sentir bem. “Não me sentia representada, então comecei a pesquisar em outros lugares, novas referências, novos blogs, novas lojas. E me encantei por diversas blogueiras que conseguiam se aceitar, mesmo com a sociedade dizendo que ser gorda, é ser feia”, explicou.
Apesar de toda a pressão social, Jamila conseguiu ultrapassar as barreiras do preconceito e se amar. “Amo o universo Plus Size, amo o empoderamento feminino e sigo buscando representatividade, sendo nas revistas, passarelas ou em outros meios de comunicação. Já evoluímos muito, sigo na luta para uma maior evolução”, pontua.
Ela explica ainda que “a mudança começa quando as pessoas pensam fora da caixinha, quando ocorre a desconstrução de conceitos. Sou gorda e sou linda, como todas as outras. Não podemos diminuir a beleza de uma mulher apenas pelo fato dela não se encaixar num padrão. Isso é misoginia, é gordofobia. Precisamos de maior representatividade, precisamos de amor – tanto amor próprio, como também o amor entre pessoas. Precisamos aceitar nossas diferenças e, principalmente, lutar contra o machismo”.
Créditos:
Fotografia – Adriana Líbini / Make – Priscilla Satim / Produção e Texto – Thalita Freitas / Parceiros – Zuya+Size & Kauê Moda Plus Size
 

Ensaio Pin-up Plus Size

Ensaio Pin-up Plus Size A equipe da Adriana Líbini promoveu um ensaio pin-up plus size para mulheres que amam esse tema e que é tão

Leia mais »
ensaio plus size

Uma história de superação

Uma história de superação Nossa diva Giulliane Doring, 29 anos, decidiu fazer um ensaio fotográfico com Adriana Líbini para dar uma melhorada na sua autoestima

Leia mais »
WeCreativez WhatsApp Support
Estou aqui para tirar todas as suas dúvidas sobre seu Ensaio e sobre meu trabalho ...
👋 Como posso te ajudar?